artigo

CO-CRIAÇÃO UMA ALTERNATIVA PARA SOBREVIVER

A Co-criação é uma estratégia que une Especialidades/Ideias para desenvolver novos processos ou produtos de uma determinada empresa, com o objetivo de fomentar a inovação. Cocriamos desde que nascemos e a partir do momento que duas pessoas conversam ou interagem, interferimos mutuamente no que o outro é ou pensa, então já somos resultados da famosa Co-criação.

 

Objetivo: Compreender que o mundo está mudando. Isso significa que mesmo que haja um grande acesso à tecnologia a ideia é que empresas possam utilizá-la para mudar o mundo e a forma de consumidores utilizam seus produtos. Um estudo realizado pela Ibope mostra que 60% das empresas brasileiras já realizaram algum projeto de Co-criação e os motivos para isso acontecer envolvem aumentar a satisfação do consumidor, melhorar produtos, criar novas soluções e passar imagem de envolvimento.

 

Exemplos de empresas Co-Criativas

 

Co-criação interna: LEGO, a empresa criou um site onde os entusiastas da marca poderiam postar designs para novos projetos e, então, serem votados por lá. Caso atingisse mais de 10.000 votos, a ideia seria levada para designers e marketing decidirem se poderia ser feita ou não.

Co-criação com outras empresas e marcas: Desse modo, quando companhias decidem se juntar em um projeto, conseguem obter juntas alguns quesitos de extrema importância para uma boa iniciativa: Redução de riscos, Redução de investimento, Maior probabilidade de receita.

 

Um projeto que ainda está em desenvolvimento, mas que já foi divulgado é o Project Mobii, parceria firmada entre a Intel e a Ford. A ideia é melhorar a experiência do usuário ao criar a possibilidade de controlar os recursos do carro por meio de gestos e reconhecimento facial.

 

Tem interesse no processo de Co-criação? Deixo aqui quatro pilares fundamentais a serem aplicados, para ter sucesso nessa estratégia:

 

    1. diálogo entre as partes para alcançar os objetivos traçados;
    2. acesso aos recursos e informações por ambas as partes;
    3. compreensão não só dos benefícios, mas dos riscos da estratégia;
    4. transparência em todas as ações.

 

Por Camila dos Santos Schmitt

 

CRIATIVIDADE | INOVAÇÃO | ESTRATÉGIA

Mentor | Professor | Palestrante | Facilitador   
❤️ #inspirar pessoas #transformar negócios
????Transformador de Negócios
 Inscreva-se em: 
https://rodrigoschilling.com.br/site/cursos