artigo

EMPRESAS FÊNIX

 

Historicamente, em momentos de crise, ideias geniais surgem na cabeça dos empreendedores. Muitas vezes sem saída para salvar o negócio, é a hora de tomar medidas extremas, exercitar a criatividade e aceitar os riscos de uma nova empreitada. Várias marcas que conhecemos hoje como referências surgiram assim.

 

NUTELLA: Na devastada Itália do pós-Segunda Guerra, o cacau havia sumido dos campos. Foi aí que um confeiteiro da região do Piemonte, Pietro Ferrero, resolveu criar um creme mais em conta, feito de avelã, açúcar e somente uma pitada de cacau. Com o sucesso que a receita causou logo no interior italiano, o negócio só cresceu. Primeiro, era recheio de bolo, passou para um creme até virá objeto de desejo pelos loucos por doce. No período de 2013/2014, o Grupo Ferrero, detentor da marca, registrou um faturamento consolidado crescente de 8.4 bilhões de euros.

 

FANTA: Mais uma invenção que surgiu em período de crise por causa da Segunda Guerra Mundial, a Fanta tem sua origem na Alemanha nazista. Uma sanção dos Aliados havia proibido a entrada do xarope que dá origem à Coca-Cola no país. A empresa tinha duas opções: fechar a fábrica alemã ou inventar um novo produto. A saída foi usar sobras de maçãs e leite para criar um novo refrigerante: a Fanta. O sabor foi sendo alterado nos anos que se seguiram, chegando à fórmula com laranja só em 1955, na Itália. Hoje, o refrigerante está presente em 188 países, com 92 sabores diferentes. É a terceira marca da The Coca-Cola Company em volume de vendas no mundo.

 

NESCAFÉ: A procura pelo café no início dos anos 1930 caiu consideravelmente em todo o mundo, prejudicando os produtores do Brasil, que, à época, tinha a maior produção do grão no planeta. Milhões de sacos de café estragado estavam sendo destruídos, até que a Nestlé teve a ideia, a pedido do governo brasileiro, de fazer com o produto o que já fazia com leite: transformar em pó. A intenção era torná-lo mais durável. O lançamento foi em 1938, alcançando rápido sucesso na Europa. Na época, os produtores de café torrado e moído fizeram grande pressão contra o novo produto, mas de nada adiantou. Atualmente, Nescafé é a marca é a mais valiosa da Nestlé.

 

MONOPOLY OU BANCO IMOBILIÁRIO: O Estados Unidos viviam ainda a ressaca da quebra da bolsa de Nova York de 1929 e da recessão econômica que seguiu. Não havia dinheiro no mercado para quem quisesse comprar imóveis, terrenos ou investir nas fábricas. Desempregado, Charles B. Darrow mostrou um jogo aos executivos da Parker Brothers, em 1934. Ele tinha a ideia de que, se não era possível investir na vida real, as pessoas gostariam de se imaginar investindo. O jogo foi rejeitado e, então, ele decidiu produzir sozinho. O tabuleiro com o nome de ”Monopoly” caiu nas graças imediatamente, fazendo com que a Parker revisse sua posição. Até hoje, é campeão de vendas no mundo. No Brasil, o jogo foi vendido pela Estrela, com o nome de ”Banco Imobiliário”.

 

Empreendedores que conquistaram o sucesso após os 50 anos

 

Henri Nestlé  – Nestlé

Inventou a farinha láctea aos 52 anos ao observar os problemas de desnutrição infantil enfrentados por algumas famílias suíças, o farmacêutico criou uma mistura em pó que complementava a alimentação das crianças. A invenção deu origem à Farinha Láctea Nestlé.

 

John Pemberton – Coca-Cola

Inventou o refrigerante aos 55 anos enquanto testava medicamentos para dores de estômago, o farmacêutico descobriu a fórmula do refrigerante mais vendido no mundo. A marca e a patente foram registradas em 1886. A expansão internacional da empresa foi feita por Asa Griggs Candler, empresário americano que comprou o negócio após a morte de Pemberton.

 

Ray Kroc – McDonald’s

Iniciou a rede de fast-food aos 52 anos em 1955, depois de trabalhar como motorista e pianista, o representante de vendas conheceu o McDonald’s, na época uma pequena lanchonete californiana. Impressionado coma eficiência da operação, ele decidiu levar a bandeira de fast-food a outras cidades. Sob o seu comando, a empresa levou apenas três anos para atingir a marca de 100 milhões de hambúrgueres vendidos.

 

Por Camila dos Santos Schmitt

 

CRIATIVIDADE | INOVAÇÃO | ESTRATÉGIA

Mentor | Professor | Palestrante | Facilitador   
❤️ #inspirar pessoas #transformar negócios
????Transformador de Negócios
 Inscreva-se em: 
https://rodrigoschilling.com.br/site/cursos